"Nove e nove? Eu: dezenove... Eu só sabia rimar... Matemática de poeta: quem erra depois acerta, quem acerta pode errar"
Meu Bê-a-bá
(Luiz Fidelis)
prosas e poesias

Versos de Onildo Barbosa
Quando o dia vai embora
A tarde quem sente a queixa
O porto da noite abre
A porta do dia fecha
A boca da noite engole
Os restos que o dia deixa.




fotos com fãs
Envie sua foto com Santanna Veja as fotos de Santanna com seus fãs
letras

Teu amor bateu em mim
Que nem vara de marmelo
Feito menino amarelo
Comecei querer chorar
No sabia se era dor
Nem sabia se era gozo
Eu s sei que era go...

© Copyrigth 2009
Santanna O Cantador
Contato para shows:
(81) 99986 1783
Desenvolvimento:
SER Digital