"Eu nunca mais vou ser triste. Desse tempo eu já passei. O verbo se não existe"
O Verbo 'Se'
(Accioly Neto e Santanna)
letras
Se Eu Tivesse Asa / Poema Incidental: Poeta um Passarinho
(Geraldo Azevedo/ Geraldo Amaral)


Poema Incidental: Poeta um Passarinho (Joo Paraibano)

A Joo Paraibano disse:

Poeta um passarinho
Que quando t na cadeia
Sua pena fica feia,
Sente saudade do ninho
Do calor do filhotinho,
Da fonte da imensidade
Se come deixa a metade
Da rao que o dono bota,
Se canta esquece da nota
Da cano da liberdade.


Se Eu Tivesse Asa

Passarinho que vai pra aquele lado
Leva um recado, voa ligeiro.
Diz ao meu amor
Estou to sozinho aqui
Com uma saudade sem fim

Passarinho se eu tivesse asa
No te pedia, eu mesmo ia.
Ver o meu amor
O meu amor
Pedao de cu
Ardente desejo
Apaixonado
Eu quero o seu beijo
Ficar ao seu lado
E ser mais feliz

Voa, voa, voa passarinho.
Leve as penas do destino
Vai ao meu amor contar
Que eu no sei viver sem seu carinho
Sinto falta dos seus braos
E da luz do seu olhar

fotos com fãs
Envie sua foto com Santanna Veja as fotos de Santanna com seus fãs
discografia
Forr Popular Brasileiro - DVD
Forr Popular Brasileiro - DVD (2006)

Este trabalho pode ser encontrado no website da Atração: www.atracao.com.br

© Copyrigth 2009
Santanna O Cantador
Contato para shows:
(81) 99986 1783
Desenvolvimento:
SER Digital