"Eu nunca mais vou ser triste. Desse tempo eu já passei. O verbo se não existe"
O Verbo 'Se'
(Accioly Neto e Santanna)
letras
A Lua Sabe/ Poema Incidental: Repente das Duas Lgrimas (Joo Paraibano)
(Roberto Cruz/ Beto Hortis)


Pergunte a aquela estrela como anda meu olhar
Por quantas madrugadas ela j me acompanhou
O Universo no sabe guardar segredo
E todo o Cu j conhece nossa histria de amor

A Lua sabe que eu morro de saudade
Que tua ausncia me joga na solido
Me despedao distante do teu carinho
Sem coragem, sem caminho,
Sem amor, sem direo.
E toda noite que eu procuro teu sorriso
Fico cego do juzo e doido do corao

Poema Incidental:
Repente das Duas Lgrimas (Joo Paraibano)

Ao passar em Afogados
Diga a minha esposa bela
Que eu derramei duas lgrimas
Sentindo saudade dela
Tive sede, bebi uma
E a outra, eu guardei pra ela.

fotos com fãs
Envie sua foto com Santanna Veja as fotos de Santanna com seus fãs
discografia
XOTEAMAR
XOTEAMAR (2012)

Este trabalho pode ser encontrado no website Forró Iluminado: www.forroiluminado.com.br

© Copyrigth 2009
Santanna O Cantador
Contato para shows:
(81) 99986 1783
Desenvolvimento:
SER Digital