"Eu nunca mais vou ser triste. Desse tempo eu já passei. O verbo se não existe"
O Verbo 'Se'
(Accioly Neto e Santanna)
letras
A Lua Sabe/ Poema Incidental: Repente das Duas Lgrimas (Joo Paraibano)
(Roberto Cruz/ Beto Hortis)


Pergunte a aquela estrela como anda meu olhar
Por quantas madrugadas ela j me acompanhou
O Universo no sabe guardar segredo
E todo o Cu j conhece nossa histria de amor

A Lua sabe que eu morro de saudade
Que tua ausncia me joga na solido
Me despedao distante do teu carinho
Sem coragem, sem caminho,
Sem amor, sem direo.
E toda noite que eu procuro teu sorriso
Fico cego do juzo e doido do corao

Poema Incidental:
Repente das Duas Lgrimas (Joo Paraibano)

Ao passar em Afogados
Diga a minha esposa bela
Que eu derramei duas lgrimas
Sentindo saudade dela
Tive sede, bebi uma
E a outra, eu guardei pra ela.

fotos com fãs
Envie sua foto com Santanna Veja as fotos de Santanna com seus fãs
discografia
Forr: A Dana do Dia-a-Dia
Forr: A Dana do Dia-a-Dia (2010)

Este trabalho pode ser encontrado no website da Atração: www.atracao.com.br
letras
Quando a saudade
Chega junto com o desejo
Traz a vontade
De querer te abraar
Sinto na boca
O gosto doce do teu beijo
Tanta saudade
Do teu jeito de me am...

© Copyrigth 2009
Santanna O Cantador
Contato para shows:
(81) 99986 1783
Desenvolvimento:
SER Digital