"Nove e nove? Eu: dezenove... Eu só sabia rimar... Matemática de poeta: quem erra depois acerta, quem acerta pode errar"
Meu Bê-a-bá
(Luiz Fidelis)
letras
Tampa de Pedra
(Maciel Melo)


Voc bangunou meu corao
Tirou ele do peito
E sacudiu pela calada
Pisou em cima
E esmagou minha razo
Eu j no era muito
E agora no sou mais nada

Voc fez de mim o que queria
Tirou minha alegria
E desmanchou o meu viver
Fez um buraco
Dentro da minha saudade
E uma tampa de pedra
P'reu nunca mais esquecer

de casa! de fora!
Uma esmolinha pr'esse pobre bem querer
Pode ser um beijo
Pode ser aquela rosa
Eu quero o cheiro
Do teu corpo no meu ser
No se negue
No seja to melindrosa
Tenha piedade
O meu amor so voc

© Copyrigth 2009
Santanna O Cantador
Contato para shows:
(81) 99986 1783
Desenvolvimento:
SER Digital