"Nove e nove? Eu: dezenove... Eu só sabia rimar... Matemática de poeta: quem erra depois acerta, quem acerta pode errar"
Meu Bê-a-bá
(Luiz Fidelis)
letras
Papel Jogado Ao Vento
(Ilmar Cavalcante)


PAPEL JOGADO AO VENTO (Ilmar Cavalcante)

Voc falou que a minha vida
No tinha sada quando me deixou
Confesso que naquela hora o mundo desabou
Eu sempre me achava o rei
Mas foi quando errei, no tive compaixo
E hoje baixo a cabea
Peo teu perdo

Voc estava mais que certa
Foi o fim da reta quando te perdi
Eu sou papel jogado ao vento e vivo por a
Eu sei que estou pagando o preo
Juro que mereo viver como estou
Eu tinha tudo nessa vida
E hoje nada sou

Eu vou ficar
Te esperando no meu canto
Meu sorriso virou pranto
A verdade di demais
Eu volto atrs
No suporto essa tortura
S voc me traz a cura
E me faz viver em paz


© Copyrigth 2009
Santanna O Cantador
Contato para shows:
(81) 99986 1783
Desenvolvimento:
SER Digital