"Nove e nove? Eu: dezenove... Eu só sabia rimar... Matemática de poeta: quem erra depois acerta, quem acerta pode errar"
Meu Bê-a-bá
(Luiz Fidelis)
letras
D'Estar
(Eliezer Setton)


Saiu da minha vida sem olhar nos
Olhos meus,
Na hora da partida sem sequer me
Disse adeus.
Se a culpa minha ou se ingratido
Sei no... sei no... sei no
Provou minha comida, bebeu gua
Que eu tomei
Sabe da minha vida coisas que eu
Mesmo no sei
Se eu lhe perdo ou se eu peo
Perdo
Sei no... sei no... sei no
D'estar
Que eu me agento do meu jeito
Sem chorar
D'estar
Eu suporto caladinho a minha dor
D'estar
Isso coisa de quem vive pra se dar
D'estar
Que nem tudo que era doce se
Acabou
D'estar
Se a saudade se chegar eu digo no
D'estar
Eu conheo direitinho meu corao
D'estar
Logo, logo um outro amor, outra paixo
D'estar
Eu sozinho no fico no.

© Copyrigth 2009
Santanna O Cantador
Contato para shows:
(81) 99986 1783
Desenvolvimento:
SER Digital