"Nove e nove? Eu: dezenove... Eu só sabia rimar... Matemática de poeta: quem erra depois acerta, quem acerta pode errar"
Meu Bê-a-bá
(Luiz Fidelis)
letras
NA PENA DO BEIJA-FLOR
(PETRCIO AMORIM)


SE DESSE UM ESTALO
E DE REPENTE NUMA CENA
EU MONTASSE NUMA PENA
DA ASA DE UM BEIJA-FLOR
E NA MISTURA
DE AVIO E PASSARINHO
EU VOAVA DIRETINHO
PRA BUSCAR O MEU AMOR

PRA LHE DIZER
TODA SAUDADE QUE EU SINTO
DO LABIRINTO
QUE VIVER NA SOLIDO
DA ESPERANA QUE AGONIZA
E QUE ARRASA
QUE A TUA CASA
AINDA MEU CORAO

PRA LHE DIZER
QUE RECONHEO MEU DEFEITO
QUE A CULPA DO MEU JEITO
DE BRIGAR SEM TER PRA QU
VEM VER DE PERTO
COMO SOFRE SEM CARINHO
MEU CORAO MATUTINHO
QUE NO VIVE SEM VOC

VOLTA PRA CASA E VEM ME VER A
VOLTA PRA CASA E VEM VER COMO ESTOU
VEM ME DAR COLO
VEM CUIDAR DE QUEM TE AMA
SE DEITAR NA TUA CAMA
E VEM DAR CHEIRO EM TEU AMOR

fotos com fãs
Envie sua foto com Santanna Veja as fotos de Santanna com seus fãs
discografia
Forr Popular Brasileiro
Forr Popular Brasileiro (2006)

Este trabalho pode ser encontrado no website da Atração: www.atracao.com.br
letras
Ela era miudinha
Botei seu nome tamborete de forr
Mas quando ela me deu uma olhada
Senti logo uma flechada
Meu corao foi logo dando um n

Ela danando...

© Copyrigth 2009
Santanna O Cantador
Contato para shows:
(81) 99986 1783
Desenvolvimento:
SER Digital